07 de junho de 2010

"Quero trazer à memória aquilo que me pode dar esperança." Lamentações de Jeremias 3:21


Há um bom tempo atrás eu desejei escrever, não um blog, mas uma espécie de diário, onde pudesse contar as experiências que Deus tem me permitido viver, as lutas, o que tenho alcançado, amadurecido e aprendido com elas.
Fiz algumas escolhas imaturas e impulsivas há alguns anos atrás, e hoje colho os frutos. Sempre colheremos os frutos de nossas ações, sejam bons ou ruins, sempre viveremos um período da vida provando das consequências dos nossos atos. Com todo mundo é assim. Mas dou Graças ao meu Pai por Ele ter escolhido me amar e mesmo quando sou infiel, Ele me mostra Sua Fidelidade, me fortalecendo e direcionando nos momentos em que estou colhendo meus frutos.
Como sou imperfeita! E como preciso mais e mais de Deus para sobreviver e viver nesse mundo que jaz no maligno.E sou grata sempre por Sua doce presença e por falar comigo e me direcionar através da boca de alguns amigos e precioso irmãos.
Essa é a história de uma família que começou de uma forma precipitada. Mas creio piamente quando Deus declara "E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra."(Gn.12:3)

E por isso, a cada dia preciso trazer à memória o que me dá esperança, Suas promessas que não podem ser frustradas e sigo com essa esperança de que o Deus da vida trará nova vida À minha casa, um novo fôlego de vida, restauração. E que eu seja fiel até o fim.

"E vós, quem dizeis que eu sou?"

Found at: - FilesTube